Fala galera blz?

Está com problemas de performance no seu relatório do Power BI? Demora para atualizar? Suas fórmulas e processamento estão lentos?

Existem diversas formas de otimizar, cada cenário é diferente. Irei mostrar um exemplo de otimização que fizemos em um cliente.

Cliente possuia a base ROLAP (modelado com dimensões e fato porém armazenado em estrutura relacional, neste caso, SQL Server) e necessitava de performance e uso de Rowl Level Security (filtrar dados de acordo com o que o usuário pode ou não visualizar.).

Criamos um projeto para usar direct query usando uma instância do SSAS Tabular e a reposta é simplesmente imediata, mesmo em relatórios complexos.

Veja a compressão do modelo tabular a direita, usand.

Tamanho da base Tabular: 213 MB

Tamanho da base relacional: 7100 MB

Uma redução impressionante de tamanho e alto ganho de performance. 

image

Agora entendem quando falo que BI não é apenas “cara que sabe mexer com Excel / Power BI” ? Há muita coisa além do que criar fórmulas no Power BI Desktop.

Abraço,

Demétrio Silva

Anúncios
comentários
  1. Fala Demetrio, como posso aplicar esse conhecimento com direct query usando uma instância do SSAS Tabular usando Oracle modelo relacional é possível?, eu uso views e ETL pentaho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s