Posts com Tag ‘consultoria’

Olá pessoal,

Anteriormente eu fiz um post falando sobre os preços do Power BI que pode ser visto aqui.

Nas minhas consultorias e treinamentos  é muito comum os clientes questionarem sobre quando será necessário o uso do Power BI Pro (versão paga).

De acordo com este artigo, você precisará da versão Pro quando seu projeto exigir um dos itens abaixo:

  • Dados de um conjunto de dados do DirectQuery, como dados de tabela do SQL Server Analysis Services, Banco de Dados SQL do Azure, SQL Data Warehouse do Azure ou Spark para HDInsight do Apache
  • Dados de um conjunto de dados que é atualizado com um frequência maior do que diariamente.
  • Dados de um conjunto de dados que se conecta a dados locais com o Power BI Gateway – Personal ou Gateway de Dados Local.
  • Dados de uma conexão ativa com o Azure Analysis Services.
  • Dados (incluindo relatórios, dashboards ou blocos) de um conjunto de dados que usa a RLS (segurança em nível de linha).
  • Um dashboard ou relatório instalado por meio de um pacote de conteúdo organizacional.
  • Um dashboard, relatório ou conjunto de dados contido em um espaço de trabalho do grupo.
  • Um painel que contém dados transmitidos em uma taxa acima de 10k linhas/hora.

Se qualquer um dos itens acima for o requisito do seu projeto então será necessária a aquisição de uma licença do Power BI Pro.

Abraço,

Demétrio Silva

Anúncios

O conteúdo abaixo é gratuito. Caso necessite de um curso completo para a sua empresa veja o conteúdo do mesmo aqui.

Olá pessoal, continuando nossa série sobre Power BI, que foi introduzida aqui, irei mostrar neste post como conectar o Power BI Desktop a uma fonte de dados ( SQL Server, TXT, Oracle, Excel, etc. ) e trabalhar com os dados no mesmo.

Caso não tenha o Power BI Desktop instalado você pode ver o capítulo 1 desta série no final deste post.

Caso não possua o SQL Server você pode usar dados de uma planilha do Excel ou então usar o Trial do SQL Server Azure neste link https://azure.microsoft.com/pt-br/services/sql-database/

Abra o Power BI Desktop, feche a tela de boas vindas e clique em Obter Dados –> SQL Server:

image

Informe a instância SQL Server e o nome do banco de dados ( o dos exemplos desta série pode se baixado aqui ).

Opcionalmente você pode escrever uma consulta SQL, porém, para o nosso caso, irei especificar quais tabelas desejo importar.

Clique em OK.

image

Selecione as tabelas / views desejadas conforme abaixo e clique em “Carregar”.

Opcionalmente você pode clicar em Editar e selecionar apenas algumas colunas, filtrar os dados ou realizar várias outras operações de ETL utilizando Power Query Formula  Language. Estes procedimentos podem ser realizados, também, após o processo de importação.

image

Basicamente, existem duas formas de acessar os dados no Power BI Desktop:

1 – Importar: importa os dados para o Data Model do Power BI Desktop. Trabalha desconectado e requer atualização dos dados de forma manual.

2 – DirectQuery: acessa os dados conforme execução/criação dos relatórios. Não faz importação e trabalha de forma conectada e os dados sempre estão atualizados.

Deixe a opção “Importar” marcada e clique em “OK”.

image

Pronto. Neste ponto nós já temos os dados importados. Salve o arquivo com o nome “Projeto Power BI”, pois ele será usado nos demais post da série.

Veja os demais posts da série www.demetriosilva.com/2016/04/18/power-bi-curso-gratuito/ .

O conteúdo acima é gratuito. Caso necessite de um curso completo para a sua empresa veja o conteúdo do mesmo aqui.

Abraço e até a próxima,

Demétrio Silva